Doença hemorroidária


Hemorroidas

Hemorroidas são vasos sanguíneos presentes no canal anal. Elas dilatam e retraem conforme a pressão abdominal e participam do processo de continência anal.
A doença hemorroidária acontece quando essas hemorroidas se dilatam além do normal, tornando-se varicosas.

Os sintomas mais comuns relacionados à doença hemorroidária são sensação de nódulo no ânus e sangramento vermelho vivo indolor.
As hemorroidas podem ser classificadas como internas e externas. As internas estão dentro do canal anal e podem se apresentar como um prolapso que pode ou não retornar espontaneamente. Hemorroidas internas não doem, porque não possuem inervação de dor.
Hemorroidas internas são classificadas em 4 graus:
– Hemorroidas grau I: não se exteriorizam através do ânus.
– Hemorroidas grau II: exteriorizam através do ânus durante a evacuação, mas retornam espontaneamente.
– Hemorroidas grau III: exteriorizam através do ânus e só retornam com manobra digital
– Hemorroidas grau IV: estão permanentemente exteriorizadas
O tratamento das Hemorroidas internas baseia-se na regularização do hábito intestinal com uma dieta rica em fibras e líquidos. Nos graus II ou III pode ser tentado tratamento com ligadura elástica com bons resultados. Já nas hemorroidas grau IV, o tratamento cirúrgico se impõe.
Quando optado pelo tratamento cirúrgico, existem diversas técnicas: convencional aberta ou fechada, grampeada ou  THD – técnica que usa ultrassonografia Doppler para fazer a ligadura dos mamilos hemorroidários dentro do canal anal.
Hemorroidas externas ficam na borda anal e podem sangrar ou sofrer trombose. Quando há uma trombose, a apresentação clínica mais comum é dor de forte intensidade associada a inchaço local. O tratamento normalmente é clínico, baseado em analgésicos e banho de assento com água morna.